Cidade Inovação

Vinhedo sedia evento de empreendedorismo e inovação para falar sobre cidades inteligentes

O enfoque atual é na cidade criativa e sustentável, que faz uso da tecnologia em seu processo de planejamento com a participação dos cidadãos.

 

No dia 14 de março, Vinhedo recebe o SP Conecta Cidades, evento que tem como objetivo ampliar os ecossistemas regionais de apoio à inovação, além de compartilhar iniciativas que impulsionam o ambiente de negócios e a cultura de inovação nos municípios paulistas. Essa é a primeira vez que Vinhedo recebe o evento, a convite do Instituto de Inovação de Vinhedo (INOVI) que é um HUB de fomento do ecossistema empreendedor criado há pouco mais de um ano para potencializar as ações na cidade.

A iniciativa SP Conecta Cidades é um projeto que ganhou vida graças ao apoio do Investe SP – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade que é uma organização social ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do estado de São Paulo.

Para conversar com o público sobre cidades digitais e inteligentes, foram convidados Franklin Ribeiro, representante da Investe SP, para falar sobre os ecossistemas de inovação em São Paulo; Vincenzo Lasalvia, presidente do INOVI; Gilberto Madeira, professor no Centro de Liderança Pública – CLP e pesquisador da Tennessee Tech Univesity, especialista em cidades inteligentes; Silvio Pina, arquiteto e urbanista, especialista em prédios e casas sustentáveis e Jorge Torrezin, secretário de desenvolvimento econômico e finanças de Vinhedo, que irá falar sobre a agenda do poder público para a inovação na cidade.

 

O que é um ecossistema empreendedor?

Ecossistema Empreendedor (ou de Inovação) é o ambiente, formado pelos mais diversos stakeholders do empreendedorismo, no qual há interconexão, extinção de hierarquia (equilíbrio) e dinamismo. Aqui, iniciativas de apoio ao empreendedorismo são tomadas, necessariamente, em rede.

 

O que é uma cidade inteligente?

Smart Cities são sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida.  Esses fluxos de interação são considerados inteligentes por fazer uso estratégico de infraestrutura e serviços e de informação e comunicação com planejamento e gestão urbana para dar resposta às necessidades sociais e econômicas da sociedade.

Em termos mais simples, as cidades inteligentes são aquelas que propõe soluções sustentáveis e eficientes para os seguintes pilares: meio ambiente e urbanismo, transformação digital de processos (educação, internet das coisas, blockchain, inteligência artifial, big data e outros), mobilidade urbana, gestão e finanças públicas, além de inclusão e empreendedorismo (ecossistema de inovação, economia criativa, economia compartilhada e participação cívica).

 

Porque a discussão é importante para Vinhedo?

Vinhedo está situada entre dois pólos dinâmicos, Campinas e São Paulo, e concentra uma quantidade razoável de recursos e pessoas capazes de investir na modernização da cidade. As cidades serão os grandes vetores de mudança na estrutura urbana e econômica, principalmente as cidades que ainda tem espaço para crescer. Nesse contexto Vinhedo, com uma densidade populacional média, alto IDH e alto PIB per capita concentra os requisitos para ser mais um centro dinâmico na região.

 

Informações

SP Conecta Vinhedo

Data: 14/03

Local: Maria Zabbé, R. das Andorinhas, 297 – Jardim Junco, Vinhedo – SP, 13280-000

Gratuito

Horário: 19h00

Link para inscrição:  http://bit.ly/2IJy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *