Cidade

ENTENDA PORQUE A FESTA DA UVA FOI CANCELADA

Como divulgado pela Prefeitura nessa semana a tradicional Festa da Uva de Vinhedo foi cancelada esse ano. O evento teve seu início antes mesmo da emancipação do município, por volta de 1948, quando os agricultores se reuniam para celebrar a colheita dos frutos ao som de música e muita alegria. Deveria ser um momento mágico, em que os produtores comemoravam com a comunidade local o fruto de seu trabalho. Porém, ao longo do tempo foi ganhando proporções maiores e a estrutura e objetivos da Festa mudou. [Saiba mais aqui]

As administrações públicas foram ano após ano aumentando cada vez mais o orçamento da Festa da Uva, porém sem uma racionalização na forma de gestão. Nas últimas edições a organização da Festa se dava através da Associação Comunitária Vinhedense de Educação e Cultura – ACOVEC, à qual contratava outras empresas para utilizar o Parque Municipal. Nunca houve licitação para isso. A rentabilidade do estacionamento sempre foi concedida à entidades assistências ou organizações como a Santa Casa. Tanto o repasse para a ACOVEC quanto os gastos com infraestrutura estiveram sob responsabilidade da Prefeitura, limpeza, água, segurança e serviços de apoio inclusos. É preciso ainda colocar na conta os shows contratados para Festa, que também eram utilizados recursos dos cofres públicos. Ou seja, majoritariamente o dinheiro gasto na Festa sempre foi público, e quaisquer lucros iam direto para as empresas contratadas. [Saiba mais aqui]

Fato é que a recessão e a queda na arrecadação municipal foram sensíveis, além das despesas terem crescidos. Isso fez com que o orçamento municipal tivesse que ser reajustado. O Prefeito Jaime Cruz levou à cabo 3 projetos de austeridade fiscal para conter gastos, porém em 2016 surgiu mais uma questão. A segurança da Festa foi afetada pelo aumento exponencial do público visitante à procura dos grandes shows contratados. Esse foi um dos fatores que chamou a atenção do Ministério Público e do Tribunal de Contas da União (TCU). Com o primeiro a prefeitura foi obrigada em setembro de 2016 a firmar o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), trata-se de um acordo ou compromisso de ação assumido por alguém (pessoa física ou jurídica) que tenha praticado ato lesivo a direito difuso ou coletivo, como o meio ambiente, o consumidor, o patrimônio cultural, histórico ou paisagístico. No caso de Vinhedo a cidade teve que assumir limitação de gasto por show, transparência na contratação, ter todos os alvarás 48h antes do evento e publicidade dos editais de contratação.

Todos esses determinantes influenciaram a decisão de não se realizar a Festa da Uva esse ano, a mais importante Festa da cultura local. A Prefeitura já anunciou essas modificações para a Festa em 2018 para apaziguar a situação e já divulgou as datas: 1ª Semana: 9, 10, 11, 12 e 13 – Inclui segunda e terça de carnaval; 2ª Semana: 16,17 e 18; e 3ª Semana: 23, 24 e 25. Com todo esse tempo hábil talvez o novo formate de alguns frutos. É importante considerar, como foi anunciado, a valorização dos produtores e comerciantes locais no novo formato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *